Comparação entre duas dietas à base de leite humano em relação ao crescimento e à mineralização óssea de recém-nascidos de muito baixo peso Reportar como inadecuado




Comparação entre duas dietas à base de leite humano em relação ao crescimento e à mineralização óssea de recém-nascidos de muito baixo peso - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Salim Moisés Jorge ; Arthur Lopes Gonçalves ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 4

Autor: Ana Beatriz Gonçalves

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038931008


Introducción



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Gonçalves, Ana Beatriz; Jorge, Salim Moisés; Lopes Gonçalves, Arthur Comparação entre duas dietas à base de leite humano em relação ao crescimento e à mineralização óssea de recém-nascidos de muito baixo peso Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
4, diciembre, 2009, pp.
395-401 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038931008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Comparação entre duas dietas à base de leite humano em relação ao crescimento e à mineralização óssea de recém-nascidos de muito baixo peso Comparison of two diets with modified human milk regarding growth and bone mineralization of very low birth weight infants Ana Beatriz Gonçalves1, Salim Moisés Jorge2, Arthur Lopes Gonçalves2 RESUMO Objetivo: Comparar a eficácia e tolerabilidade de duas dietas à base de leite humano (LH) acrescido de fórmula láctea (PreNan®) ou complemento nutricional especial (FM 85®) na promoção do crescimento pôndero-estatural, mineralização óssea e tempo de hospitalização de recém-nascidos de muito baixo peso (RNMBP). Método: Foram constituídos, por sorteio, dois grupos de crianças acompanhadas a partir do 15º dia de vida, até atingir o peso de alta (2000±20g): Grupo A, 14 RNMBP receberam LH FM 85® (5g-100mL LH); Grupo B, 11 RNMBP receberam LH PreNan® 19% em volumes iguais.
Foram avaliados: peso, comprimento, perímetro cefálico e prega cutânea tricipital média esquerda, calculando-se os incrementos de peso e o tempo para atingir 2000g.
Foram dosados: cálcio, fósforo, magnésio ...





Documentos relacionados