Distonia aguda relacionada ao uso de bromoprida em pacientes pediátricos Reportar como inadecuado




Distonia aguda relacionada ao uso de bromoprida em pacientes pediátricos - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Ricardo Borges Magaldi ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 1

Autor: Eliane Roseli Barreira

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038928017


Introducción



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Barreira, Eliane Roseli; Borges Magaldi, Ricardo Distonia aguda relacionada ao uso de bromoprida em pacientes pediátricos Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
1, marzo, 2009, pp.
110-114 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038928017 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Relato de caso Distonia aguda relacionada ao uso de bromoprida em pacientes pediátricos Acute dystonia after use of bromopride in pediatric patients Eliane Roseli Barreira1, Ricardo Borges Magaldi2 Resumo abstract Objetivo: Descrever dois casos de distonia aguda após uso de bromoprida em crianças e realizar revisão da literatura em relação aos mecanismos fisiopatológicos de indução de liberação extrapiramidal, sua sintomatologia e tratamento. Descrição do caso: Caso 1: adolescente de 13 anos com quadro de dor e hipertonia cervical associados a febre, náuseas e vômitos, com hipótese inicial de meningite.
A investigação subsequente revelou que o quadro iniciou-se após ingestão de uma única dose de bromoprida.
O paciente apresentou boa resposta ao tratamento com difenidramina, sem necessidade de coleta de líquor.
Caso 2: Lactente de seis meses que desenvolveu sintomas graves de liberação extrapiramidal relacionados à superdosagem de bromoprida, com reversão rápida dos sintomas após administração de biperideno. Cometários: Este é o primeiro relato de distonia aguda após uso de bromoprida em crianças.
Embora muito utilizada no Brasil como agente pró-cinético e antiemético, nenhum estudo clínico até o momento demonstrou melhor...





Documentos relacionados