Hipotireoidismo adquirido tratado como obesidade exógena: a importância do controle do crescimento Reportar como inadecuado




Hipotireoidismo adquirido tratado como obesidade exógena: a importância do controle do crescimento - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Maria Ângela R. G. M. Antonio ; Roberto Teixeira Mendes ; Antônio de Azevedo B. Filho ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 1

Autor: Mariana Porto Zambon

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038928016


Introducción



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Porto Zambon, Mariana; Antonio, Maria Ângela R.
G.
M.; Teixeira Mendes, Roberto; de Azevedo B.
Filho, Antônio Hipotireoidismo adquirido tratado como obesidade exógena: a importância do controle do crescimento Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
1, marzo, 2009, pp.
106-109 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038928016 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Relato de caso Hipotireoidismo adquirido tratado como obesidade exógena: a importância do controle do crescimento Acquired hypothyroidism treated as exogen obesity: the importance of growth follow-up Mariana Porto Zambon1, Maria Ângela R.
G.
M.
Antonio1, Roberto Teixeira Mendes1, Antônio de Azevedo B.
Filho2 RESUMO ABSTRACT Objetivo: Demonstrar a importância da interpretação do acompanhamento pôndero-estatural de crianças e adolescentes obesos. Descrição do caso: Menina de 12 anos e 11 meses encaminhada a um ambulatório terciário para acompanhamento de obesidade e dislipidemia.
Referia ganho de peso a partir de oito anos, negava fazer atividade física e possuía alimentação adequada.
Relatava obesidade na família do pai.
Ao exame, bom estado geral, diminuição da pilificação e mixedema generalizados, pele ressecada e áspera.
Peso com percentil entre 90 e 97, índice de massa corpórea (IMC) acima do percentil 97 e estatura abaixo do canal de crescimento.
Exames laboratoriais: T4: 0,04ng-dL, TSH: 100uUI-mL, colesterol total: 326mg-dL, HDL colesterol: 34mg-dL, LDL colesterol: 45mg-dL, triglicérides: 1599mg-dL, glicemia em jejum: 81mg-dL e hemograma c...





Documentos relacionados