Anemia em crianças de uma creche pública e as repercussões sobre o desenvolvimento de linguagem Reportar como inadecuado




Anemia em crianças de uma creche pública e as repercussões sobre o desenvolvimento de linguagem - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Silmar Paulo M. Rates ; Stela Maris A. Lemos ; Joel Alves Lamounier ;Revista Paulista de Pediatria 2009, 27 1

Autor: Juliana Nunes Santos

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=406038928011


Introducción



Revista Paulista de Pediatria ISSN: 0103-0582 rpp@spsp.org.br Sociedade de Pediatria de São Paulo Brasil Nunes Santos, Juliana; Rates, Silmar Paulo M.; Lemos, Stela Maris A.; Alves Lamounier, Joel Anemia em crianças de uma creche pública e as repercussões sobre o desenvolvimento de linguagem Revista Paulista de Pediatria, vol.
27, núm.
1, marzo, 2009, pp.
67-73 Sociedade de Pediatria de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=406038928011 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Artigo Original Anemia em crianças de uma creche pública e as repercussões sobre o desenvolvimento de linguagem Consequences of anemia on language development of children from a public day care center Juliana Nunes Santos1, Silmar Paulo M.
Rates2, Stela Maris A.
Lemos3, Joel Alves Lamounier4 RESUMO Objetivo: Comparar o desenvolvimento de linguagem de crianças anêmicas e não-anêmicas de uma creche pública de Belo Horizonte. Métodos: Estudo transversal com avaliação do desenvolvimento de linguagem de crianças anêmicas (casos) e nãoanêmicas (controles) entre dois e seis anos de idade.
Todas as crianças realizaram punção digital para detecção da anemia (hemoglobina ≤11,3g-dL).
O Grupo Caso foi constituído por 22 crianças anêmicas e o Controle, por 44 crianças, selecionadas por amostragem aleatória pareada.
O desenvolvimento de linguagem de cada um dos participantes foi observado e classificado em duas grandes áreas: aspectos comunicativos (recepção e emissão) e aspectos cognitivos da linguagem, com utilização do Roteiro de Observação de Comportamentos de crianças de zero a seis anos.
Índices de desempenho foram aplicado para qualificar as respostas das crianças....





Documentos relacionados