Todos entoam: o cancionista e seus parceiros. tatit, luiz. todos entoam: ensaios, conversas e lembranças. 2. ed. são paulo, ateliê editorial, 2014, 421 p. Reportar como inadecuado




Todos entoam: o cancionista e seus parceiros. tatit, luiz. todos entoam: ensaios, conversas e lembranças. 2. ed. são paulo, ateliê editorial, 2014, 421 p. - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 2015, 61

Autor: Cláudia Neiva de Matos

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=405641536012


Introducción



Revista do Instituto de Estudos Brasileiros ISSN: 0020-3874 revistaieb@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Neiva de Matos, Cláudia Todos entoam: o cancionista e seus parceiros.
TATIT, Luiz.
Todos entoam: ensaios, conversas e lembranças.
2.
ed.
São Paulo, Ateliê Editorial, 2014, 421 p. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, núm.
61, agosto, 2015, pp.
223-229 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=405641536012 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Todos entoam: o cancionista e seus parceiros Cláudia Neiva de Matos1 TATIT, Luiz.
Todos entoam: ensaios, conversas e lembranças.
2.
ed.
São Paulo, Ateliê Editorial, 2014, 421 p. Com esta segunda edição, aumentada e atualizada, de Todos entoam: ensaios, conversas e lembranças, Luiz Tatit avança no seu já longo caminho de análise e teorização da canção popular brasileira.
Com seis novos ensaios acrescentados aos dezesseis da primeira edição, a coletânea oferece ademais uma boa visão de conjunto do percurso intelectual do autor, abrangendo desde “Vocação e perplexidade dos cancionistas” , de 1983 (no qual é lançado o termo de duradouro êxito teórico que passou a ser uma marca registrada de Tatit), até o recente e inédito “Afinação do sentido no progresso semiótico”.
No eixo temático, está sempre a canção, observada não só com as lentes da semiótica e outros saberes acadêmicos, mas também com a sagacidade advinda de uma intensa experiência pessoal nos meios criativos da nossa música popular.
Além de compositor e intérprete original e frutuoso, Tatit foi desde sempre um ouvinte sensível e um observador atento dos cenários e transformações dessa músic...





Documentos relacionados