Daisy, oswald e o processo erosivo do modernismo brasileiro Reportar como inadecuado




Daisy, oswald e o processo erosivo do modernismo brasileiro - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 2015, 61

Autor: Leandro Pasini

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=405641536008


Introducción



Revista do Instituto de Estudos Brasileiros ISSN: 0020-3874 revistaieb@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Pasini, Leandro Daisy, Oswald e o Processo Erosivo do Modernismo Brasileiro Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, núm.
61, agosto, 2015, pp.
140-158 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=405641536008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Daisy, Oswald e o Processo Erosivo do Modernismo Brasileiro [  Daisy, Oswald and the erosive process of Brazilian Modernism Leandro Pasini 1 resumo  O objetivo deste ensaio é analisar e interpretar a figura de Maria de Lourdes Castro Pontes, a Daisy ou Miss Cyclone do diário coletivo O perfeito cozinheiro das almas deste mundo (1918), no pano de fundo da história do Modernismo brasileiro.
Nesse sentido, essa autora-personagem torna-se portadora de especificidades subjetiva e estética que podem abrir novas perspectivas para a abordagem do Modernismo, bem como da obra e da figura de Oswald de Andrade.
A hipótese que proponho é a de que a imagem incompleta e fragmentária que temos de Daisy equivale à da própria noção que temos do Modernismo brasileiro.  •  palavras-chave  Daisy; Oswald de Andrade; O perfeito cozinheiro das almas deste mundo; Modernismo brasileiro; Questões de gênero.  •  abstract The purpose of this article is to analyse and interpret the figure of Maria Lourdes Castro, called Daisy or Miss Cyclone in the collective diary O perfeito cozinheiro das almas deste mundo (1918) in the background of the history of Brazilian Modernism.
In this sense, this author-character has subjective and aesthetical specificities which can open new perspectives for the aproach of ...





Documentos relacionados