A educação para as relações étnico-raciais e os estudos sobre racismo no brasil Reportar como inadecuado




A educação para as relações étnico-raciais e os estudos sobre racismo no brasil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Juliano da Silva Tobias ;Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 2016, 65

Autor: Roberto da Silva

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=405649590010


Introducción



Revista do Instituto de Estudos Brasileiros ISSN: 0020-3874 revistaieb@usp.br Universidade de São Paulo Brasil da Silva, Roberto; da Silva Tobias, Juliano A educação para as relações étnico-raciais e os estudos sobre racismo no Brasil Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, núm.
65, diciembre, 2016, pp.
177-199 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=405649590010 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto A educação para as relações étnico-raciais e os estudos sobre racismo no Brasil [ Education for the ethno-racial relations and the studies about racism in Brazil Roberto da Silva1 Juliano da Silva Tobias2 Texto originado da dissertação de mestrado Negros e negras chegam à universidade: estudo sobre a trajetória acadêmica e as perspectivas profissionais dos cotistas da Unifesp, defendida em 2-9-2014 no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo, com apoio da Fundação Ford por meio de bolsa de estudos. RESUMO • Este artigo tem como objetivo fazer a revisão bibliográfica de alguns dos estudos clássicos sobre as relações raciais no Brasil.
A revisão engloba o período do início dos anos 30 do século XX até os trabalhos mais recentes, que têm em comum o fato de caracterizarem a discriminação racial como fator importante para a manutenção das desigualdades raciais, reunindo argumentos que fundamentam as reflexões quanto à necessidade da adoção de políticas de ação afirmativa no Brasil, bem como os argumentos que consideram que a pobreza e a desigualdade são os fatores principais que contribuem para a marginalização do negro. Passar a limpo tais teorias e conceitos constitui contribuição s...





Documentos relacionados