Os mapas como -operadores espaciais- na construção da cidade de são paulo do início do século xx Reportar como inadecuado




Os mapas como -operadores espaciais- na construção da cidade de são paulo do início do século xx - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 2016, 64

Autor: Eliane Kuvasney

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=405646788014


Introducción



Revista do Instituto de Estudos Brasileiros ISSN: 0020-3874 revistaieb@usp.br Universidade de São Paulo Brasil Kuvasney, Eliane Os mapas como “operadores espaciais” na construção da cidade de São Paulo do início do século XX Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, núm.
64, 2016, pp.
167-182 Universidade de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=405646788014 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Os mapas como “operadores espaciais” na construção da cidade de São Paulo do início do século XX [ The maps as “spatial operators” in the construction of the São Paulo city in the early twentieth century Eliane Kuvasney 1 RESUMO • Neste artigo busca-se compreender de que forma o ambiente de transformações do início do século XX influenciou e foi influenciado pela produção cartográfica, no caso específico dos mapas que estavam sendo produzidos representando a cidade de São Paulo e seu entorno. A hipótese deste trabalho é que a forma como a cartografia refletia as mudanças começou a participar da dinâmica da cidade e que os ingredientes dessa dinâmica (as ideias de crescimento e expansão, por exemplo) passaram a ser orientados pelos mapas, ou seja, os mapas tornaram-se “operadores espaciais”.
O objetivo principal da pesquisa é contribuir para o desenvolvimento de uma geo-história cartográfica na perspectiva de analisar os mapas como fatos-fenômenos sociais e assim refletir sobre a extensão e duração desses fenômenos na organização e funcionamento dos espaços das sociedades.
• PALAVRAS-CHAVE • Geo-história; cartografia; operadores espaciais; São Paulo; século XX.
• ABSTRACT • What is sought is how the early twe...





Documentos relacionados