Equivalência semântica e cultural da intergenerational exchanges attitude scale ieas Reportar como inadecuado




Equivalência semântica e cultural da intergenerational exchanges attitude scale ieas - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Anita Liberalesso Neri ; Meire Cachioni ;Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia 2016, 19 3

Autor: Roberta dos Santos Tarallo

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=403846785007


Introducción



Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia ISSN: 1809-9823 revistabgg@gmail.com Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil dos Santos Tarallo, Roberta; Liberalesso Neri, Anita; Cachioni, Meire Equivalência semântica e cultural da Intergenerational Exchanges Attitude Scale (IEAS) Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, vol.
19, núm.
3, julio-septiembre, 2016, pp. 453-463 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=403846785007 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Equivalência semântica e cultural da Intergenerational Exchanges Attitude Scale (IEAS) Semantic and cultural equivalence of the Intergenerational Exchanges Attitude Scale (IEAS) Roberta dos Santos Tarallo1 Anita Liberalesso Neri1 Meire Cachioni1 Resumo Introdução: Compreender que a multidimensionalidade das atitudes oriundas do intercâmbio entre diferentes gerações é fundamental para o estabelecimento da cooperação intergeracional e para a diminuição de estereótipos e preconceitos.
Objetivo: Obter a equivalência semântica e cultural da Intergenerational Exchanges Attitude Scale (IEAS).
Método: Dois tradutores brasileiros realizaram a tradução do inglês para o português.
Um terceiro tradutor fez a síntese dessas duas traduções.
A versão sintetizada foi retrotraduzida para o inglês.
A partir das observações das traduções iniciais e da retrotradução, consolidouse a versão semântica da escala, que foi aplicada em 32 profissionais que desenvolviam atividades intergeracionais (idosos-crianças) e atividades voltadas apenas para idosos.
Após a aplicação, obteve-se a versão culturalmente adaptada à língua portuguesa.
Resultados: A esca...





Documentos relacionados