Transição entre níveis de fragilidade em idosos no município de belo horizonte, minas gerais Reportar como inadecuado




Transição entre níveis de fragilidade em idosos no município de belo horizonte, minas gerais - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Tatiana Moreira dos Santos Ribeiro ; Renata Alvarenga Vieira ; Sílvia Lanziotti Azevedo da Silva ; Rosângela Corrêa Dias ;Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia 2016, 19 2

Autor: Giselle Silva e Faria

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=403846391013


Introducción



Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia ISSN: 1809-9823 revistabgg@gmail.com Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil Silva e Faria, Giselle; Moreira dos Santos Ribeiro, Tatiana; Alvarenga Vieira, Renata; Lanziotti Azevedo da Silva, Sílvia; Corrêa Dias, Rosângela Transição entre níveis de fragilidade em idosos no município de Belo Horizonte, Minas Gerais Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, vol.
19, núm.
2, abril-junio, 2016, pp.
335341 Universidade do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=403846391013 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto 335 Transição entre níveis de fragilidade em idosos no município de Belo Horizonte, Minas Gerais Transition between frailty levels in elderly persons from Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil Giselle Silva e Faria1 Tatiana Moreira dos Santos Ribeiro2 Renata Alvarenga Vieira3 Sílvia Lanziotti Azevedo da Silva4 Rosângela Corrêa Dias1 Resumo Objetivo: Observar possíveis transições entre níveis de fragilidade, segundo o fenótipo de fragilidade em idosos de Belo Horizonte-MG, em um período de 24 meses.
Método: Trata-se de um estudo exploratório longitudinal.
Dos 601 indivíduos que compuseram a linha de base da Rede FIBRA de Belo Horizonte, selecionou-se 40 indivíduos de ambos os sexos, com mais de 65 anos, classificados como frágeis, residentes na comunidade, que possuíssem marcha independente ou com auxílio de dispositivos e que não fossem portadores de doenças que inviabilizassem a realização dos testes.
Após 24 meses, os participantes foram reavaliados com o mesmo inquérito padronizado usado na linha de base do estudo.
Resultados: A amostra inicial foi composta ...





Documentos relacionados