Questão urbana e envelhecimento populacional: breves conexões entre o direito à cidade e o idoso no mercado de trabalho Reportar como inadecuado




Questão urbana e envelhecimento populacional: breves conexões entre o direito à cidade e o idoso no mercado de trabalho - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Jorge Felix ;Cadernos Metrópole 2016, 18 36

Autor: Maura Pardini Bicudo Véras

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=402846273008


Introducción



Cadernos Metrópole ISSN: 1517-2422 cadernosmetropole@outlook.com Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Brasil Pardini Bicudo Véras, Maura; Felix, Jorge Questão urbana e envelhecimento populacional: breves conexões entre o direito à cidade e o idoso no mercado de trabalho Cadernos Metrópole, vol.
18, núm.
36, julio-diciembre, 2016, pp.
441-459 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=402846273008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Questão urbana e envelhecimento populacional: breves conexões entre o direito à cidade e o idoso no mercado de trabalho The urban question and population aging: brief connections between the right to the city and the elderly in the labor market Maura Pardini Bicudo Véras Jorge Felix Resumo Este texto discute a questão urbana em sua relação com o envelhecimento populacional.
De forma resumida, evidencia-se o efeito do capital financeiro, nos séculos XX e XXI, sobre o espaço urbano, o trabalho e a seguridade social.
Defende-se que a perda do direito à cidade é o último estágio do desmonte do Estado de Bem-Estar Social.
Com o avanço do capital imobiliário, amplia-se a segregação dos moradores, e os mais pobres se alojam em condições precárias nas cidades, onde vivem 84% dos idosos brasileiros.
Esse processo contribui, assim, para a construção de um discurso paradoxal sobre a velhice, sobretudo, no que diz respeito ao direito ao trabalho e à postergação da aposentadoria diante da maior longevidade.
Produz-se hipótese a ser explorada em pesquisa posterior sobre o papel do ambiente construído na decisão de aposentadoria. Abstract In this paper, we discuss the urban que...





Documentos relacionados