Apresentação Reportar como inadecuado




Apresentação - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Mara Helena de Andréa Gomes ;Cadernos Metrópole 2016, 18 36

Autor: Cassio Silveira

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=402846273001


Introducción



Cadernos Metrópole ISSN: 1517-2422 cadernosmetropole@outlook.com Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Brasil Silveira, Cassio; de Andréa Gomes, Mara Helena Apresentação Cadernos Metrópole, vol.
18, núm.
36, julio-diciembre, 2016, pp.
321-324 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=402846273001 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Apresentação Os campos da saúde e das ciências humanas passaram a ser pensados de maneira relacional desde o século XVIII, quando as práticas preventivas e seus dispositivos sanitários desempenharam importante papel na configuração do espaço urbano e de novas ordens sociais.
Tomamos, por exemplo, as intervenções sociossanitárias ocorridas em cidades do continente europeu, que transformaram radicalmente concepções e práticas sobre os cuidados com o espaço urbano e seus desdobramentos na saúde das coletividades. Entre nós, desde a década de 1920, as ciências sociais passaram a problematizar categorias consagradas e conceitos médico-naturalistas do território da saúde numa perspectiva crítica e histórica, ajudando a instituir um novo campo interdisciplinar.
Aqui, a concepção de saúde não se restringe à dimensão anátomo-fisiológica e não pode ser pensada sem considerar os valores e os campos de força que constituem as relações sociais. Curiosamente, essa perspectiva tem sido pensada criticamente muito mais no campo conhecido como biomédico, da epidemiologia mais especialmente, do que no campo da sociologia. No entanto, foi com forte apelo às ciências humanas que o discurso teórico da saúde coletiva foi formulado, ultrapassando fronteiras de conhecimento ...





Documentos relacionados