Psicologia jurídica e tomada de decisão em situações envolvendo abuso sexual infantil Reportar como inadecuado




Psicologia jurídica e tomada de decisão em situações envolvendo abuso sexual infantil - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Lara Lages Gava ; Débora Dalbosco Dell-Aglio ;Psico-USF 2011, 16 3

Autor: Cátula Pelisoli

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401036087009


Introducción



Psico-USF ISSN: 1413-8271 revistapsico@usf.edu.br Universidade São Francisco Brasil Pelisoli, Cátula; Lages Gava, Lara; Dalbosco DellAglio, Débora Psicologia jurídica e tomada de decisão em situações envolvendo abuso sexual infantil Psico-USF, vol.
16, núm.
3, diciembre, 2011, pp.
327-338 Universidade São Francisco São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=401036087009 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psico-USF, v.
16, n.
3, p.
327-338, set.-dez.
2011 327 Psicologia jurídica e tomada de decisão em situações envolvendo abuso sexual infantil Cátula Pelisoli1 – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil Lara Lages Gava – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil Débora Dalbosco Dell’Aglio – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil Resumo Este trabalho apresenta uma revisão teórica sobre a tomada de decisão em situações de alegação de abuso sexual infantil. Profissionais de saúde mental em todo o mundo necessitam tomar decisões acerca da veracidade dessas alegações, sendo muitas julgadas erroneamente.
Este artigo apresenta o abuso sexual como um problema mundial, destaca as relações entre a psicologia e a justiça e aborda estudos que demonstram as influências de variáveis como vieses cognitivos, crenças prévias e gênero sobre as decisões tomadas por profissionais que avaliam tais casos.
É fundamental que os profissionais reconheçam essas variáveis para que erros sobre esses julgamentos possam ser evitados e para que se aumente a qualidade das avaliações psicológicas forenses.
A necessidade de experiência e conhecimento científico é abordada como possível contribuinte...





Documentos relacionados