Escala de interação com pares: construção e evidências de validade para estudantes do ensino superior Reportar como inadecuado




Escala de interação com pares: construção e evidências de validade para estudantes do ensino superior - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Elizabeth Mercuri ; Leandro da Silva Almeida ;Psico-USF 2011, 16 1

Autor: Camila Alves Fior

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401036084003


Introducción



Psico-USF ISSN: 1413-8271 revistapsico@usf.edu.br Universidade São Francisco Brasil Alves Fior, Camila; Mercuri, Elizabeth; da Silva Almeida, Leandro Escala de interação com pares: construção e evidências de validade para estudantes do ensino superior Psico-USF, vol.
16, núm.
1, enero-abril, 2011, pp.
11-21 Universidade São Francisco São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=401036084003 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psico-USF, v.
16, n.
1, p.
11-21, jan.-abril 2011 11 Escala de Interação com Pares: construção e evidências de validade para estudantes do ensino superior Camila Alves Fior1 – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Poços de Caldas, Brasil Elizabeth Mercuri – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, Brasil Leandro da Silva Almeida – Universidade do Minho, Braga, Portugal Resumo As relações que os estudantes estabelecem com os pares são importantes para a aprendizagem e o desenvolvimento psicossocial e cognitivo.
Diante disto, este estudo apresenta a construção e as evidências de validade da Escala de Interação com Pares para estudantes do ensino superior.
Participaram da pesquisa 1070 universitários, com idade média de 23 anos (DP=6,5).
A análise fatorial exploratória indicou uma estrutura multidimensional, composta pelos fatores: Interações Sociais, Interações Íntimas, Interações Acadêmicas pautadas no oferecimento de ajuda e Interações Acadêmicas com ênfase no recebimento de ajuda.
A análise fatorial confirmatória destacou a adequação dos dados à estrutura fatorial (CFI=0,978; GFI=0,980; RMSEA=0,06).
Os coeficientes de regressão dos itens junto aos fatores foram satisfatórios (0,55 ß 0,86) e os i...





Documentos relacionados