Estudo parcial da validação do atlas do rorschach sistema compreensivo em amostra de pacientes psiquiátricos de são paulo Reportar como inadecuado




Estudo parcial da validação do atlas do rorschach sistema compreensivo em amostra de pacientes psiquiátricos de são paulo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Ana Cristina Chaves ; Latife Yazigi ;Psico-USF 2012, 17 3

Autor: Thaís Cristina Marques

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=401036091008


Introducción



Psico-USF ISSN: 1413-8271 revistapsico@usf.edu.br Universidade São Francisco Brasil Marques, Thaís Cristina; Chaves, Ana Cristina; Yazigi, Latife Estudo parcial da validação do Atlas do Rorschach Sistema Compreensivo em amostra de pacientes psiquiátricos de São Paulo Psico-USF, vol.
17, núm.
3, diciembre, 2012, pp.
417-426 Universidade São Francisco São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=401036091008 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Psico-USF, Bragança Paulista, v.
17, n.
3, p.
417-416, set.-dez.
2012 417 Estudo parcial da validação do Atlas do Rorschach Sistema Compreensivo em amostra de pacientes psiquiátricos de São Paulo Thaís Cristina Marques – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, Brasil Ana Cristina Chaves – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, Brasil Latife Yazigi – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, Brasil Resumo Este trabalho é parte do estudo de validação do atlas de localização e da lista de qualidade formal brasileiros do Rorschach Sistema Compreensivo em amostra de pacientes psiquiátricos da cidade de São Paulo, comparando as variáveis X %, XA%, WDA%, X-% e Xu% dos pacientes com os valores encontrados na amostra normativa brasileira.
Foram avaliados 45 pacientes, e os instrumentos de seleção foram a entrevista clínica estruturada para diagnóstico do DSM-IV (SCID-I) e a Escala das Síndromes Positiva e Negativa (PANSS).
23 pacientes preencheram critério pela SCID-I para transtornos psicóticos e, destes, 19 foram considerados psicóticos pela PANSS.
Todos os protocolos foram classificados segundo as classificações norte-americanas e brasileiras.
Foi realizada ANOVA, comparando amostras normativas ...





Documentos relacionados