Sistema de avaliação de rendimento escolar do estado de são paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira 1996-2011. Reportar como inadecuado




Sistema de avaliação de rendimento escolar do estado de são paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira 1996-2011. - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Adolfo Ignacio Calderón ;Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação 2014, 22 85

Autor: Rafael Gabriel de Oliveira Júnior

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=399534056005


Introducción



Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação ISSN: 0104-4036 ensaio@cesgranrio.org.br Fundação Cesgranrio Brasil de Oliveira Júnior, Rafael Gabriel; Calderón, Adolfo Ignacio Sistema de avaliação de rendimento escolar do Estado de São Paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira (1996-2011). Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, vol.
22, núm.
85, octubre-diciembre, 2014, pp. 939-975 Fundação Cesgranrio Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=399534056005 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Sistema de avaliação de rendimento escolar do Estado de São Paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira (1996-2011). 939 Sistema de avaliação de rendimento escolar do Estado de São Paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção cientí ca brasileira (1996-2011). Rafael Gabriel de Oliveira Júnior* Adolfo Ignacio Calderón** Resumo O presente artigo apresenta um mapeamento e análise das tendências temáticas da produção científica brasileira em torno do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP), referente ao período de 1996 a 2011, sistematizando 42 estudos, entre teses de doutorado e dissertações de mestrado, a partir das seguintes categorias: área do conhecimento, linha do tempo da produção científica (cronologia), procedência institucional, distribuição regional, principais orientadores, eixos e tendências temáticas.
Verificou-se uma disposição, por parte dos pesquisadores, em analisar os resultados dos alunos nas provas do SARESP, preocupações com os aspectos técnicos da constituição das avaliações e a...





Documentos relacionados