Obstrução de derivação sistêmico-pulmonar na tetralogia de fallot Reportar como inadecuado




Obstrução de derivação sistêmico-pulmonar na tetralogia de fallot - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Domingo Marcolino BRAILE ; Sírio HASSEM SOBRINHO ; Airton Camacho MOSCARDINI ;Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular-Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery 2005, 20 2

Autor: Ulisses Alexandre CROTI

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=398941855018


Introducción



Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular-Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery ISSN: 0102-7638 revista@sbccv.org.br Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Brasil CROTI, Ulisses Alexandre; BRAILE, Domingo Marcolino; HASSEM SOBRINHO, Sírio; Camacho MOSCARDINI, Airton Obstrução de derivação sistêmico-pulmonar na tetralogia de Fallot Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular-Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery, vol.
20, núm.
2, abril-junio, 2005, pp.
194-195 Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular São José do Rio Preto, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=398941855018 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Braz J Cardiovasc Surg 2005; 20(2): 194-195 CORRELAÇÃO CLÍNICO-CIRÚRGICA Caso 4-2005 Obstrução de derivação sistêmico-pulmonar na tetralogia de Fallot Obstruction of the systemic-pulmonary shunt in Fallot tetralogy Ulisses Alexandre CROTI, Domingo Marcolino BRAILE, Sírio HASSEM SOBRINHO, Airton Camacho MOSCARDINI RBCCV 44205-754 DADOS CLÍNICOS Criança de 10 meses, 6,2 kg, masculino, branco.
Aos 20 dias de vida, foi diagnosticada cardiopatia congênita cianogênica e estenose na origem da artéria pulmonar esquerda (APE). Foi submetida à ressecção do terço inicial da APE com reimplante no tronco pulmonar e derivação sistêmicopulmonar (Blalock-Taussig modificado) com politetrafluoretileno (PTFE) de 3,5 mm2.
Em uso de ácido acetilsalicílico (AAS) 5mg ao dia apresentava evolução clínica adequada até piora súbita, com cianose grave, febre e dificuldade respiratória.
MEG, dispnéico, cianótico, hidratado, descorado, saturação periférica de 60%.
Intubada, não houve melhora da saturação, mesmo com fração inspirada de ...





Documentos relacionados