Nosso rumo Reportar como inadecuado




Nosso rumo - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Brazilian Journal of Otorhinolaryngology 2007, 73 6

Autor: João Ferreira de Mello Júnior

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=392437837001


Introducción



Brazilian Journal of Otorhinolaryngology ISSN: 1808-8694 revista@aborlccf.org.br Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia CérvicoFacial Brasil Ferreira de Mello Júnior, João Nosso rumo Brazilian Journal of Otorhinolaryngology, vol.
73, núm.
6, noviembre-diciembre, 2007, p.
722 Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial São Paulo, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=392437837001 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto EDITORIAL Nosso rumo Caros colegas, A atual diretoria de publicações está completando dois anos na função e em seu nome, como Editor da revista, gostaria de compartilhar alguns dados sobre nosso periódico. O principal objetivo da Revista Brasileira de Otorrinolaringologia é servir de veículo para manutenção da atualização científica de nossos associados.
Sendo assim são publicados textos que inovam ou incrementam conhecimentos otorrinolaringológicos já estabelecidos, na esfera da pesquisa básica experimental, desvendando a fisiologia e-ou fisiopatologia, no diagnóstico (clínico laboratorial) ou no tratamento (clínico ou cirúrgico) das doenças atendidas pela especialidade. Neste biênio foram submetidos à nossa apreciação 661 artigos.
A análise de seus temas revela que a otologia e neurotologia corresponderam a 36%, seguidas da rinologia (21%), laringologia e voz (13%), faringologia (11%), sendo que nos 19% restantes foram incluídos temas referentes à cirurgia de cabeça e pescoço, ORL pediátrica, cirurgia plástica da face, cirurgia de base de crânio, entre outros. Nossa revista é classificada na Capes como Qualis C internacional, conceito este alcançado graças ao caminho traçado pelos editores...





Documentos relacionados