Do sonho da ascensão social à vida de operário: os caixeiros do rio de janeiro da virada do século xix-xx Reportar como inadecuado




Do sonho da ascensão social à vida de operário: os caixeiros do rio de janeiro da virada do século xix-xx - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

História, Ciências, SaúdeManguinhos 2011, 18

Autor: Gisele Sanglard

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=386138058021


Introducción



História, Ciências, Saúde - Manguinhos ISSN: 0104-5970 hscience@coc.fiocruz.br Fundação Oswaldo Cruz Brasil Sanglard, Gisele Do sonho da ascensão social à vida de operário: os caixeiros do Rio de Janeiro da virada do século XIX-XX História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol.
18, diciembre, 2011, pp.
326-330 Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=386138058021 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Gisele Sanglard Do sonho da ascensão social à vida de operário: os caixeiros do Rio de Janeiro da virada do século XIX-XX From the dream of social ascent to the life of a laborer: shop clerks in Rio de Janeiro at the turn of the nineteenth to twentieth centuries Gisele Sanglard Pesquisadora visitante do Departamento de Patrimônio Histórico-Casa de Oswaldo Cruz-Fiocruz. sanglard@coc.fiocruz.br O livro de Fabiane Popinigis, Proletários de casaca, fruto de sua tese de doutorado defendida no Programa de Pós-graduação em História da Universidade de Campinas (Unicamp), nos convida a entrar no mundo dos caixeiros da cidade do Rio de Janeiro, da virada do século XIX para o XX.
O cenário que se descortina diante do leitor, para além das questões ‘classistas’ ou ligadas ao mundo do trabalho, aponta para as relações sociais entre caixeiros e proprietários, a questão da moradia, dos preconceitos étnicos intra e extragrupo e a solidariedade grupal, entre outros temas ligados às relações de trabalho e sociabilidade, às condições de moradia e ao POPINIGIS, Fabiane. Proletários de casaca: lazer – como a autora define. trabalhadores do Ao ler esse livro, é impossível não pensar em aoutra obra que comércio carioca (18501911).
Campin...





Documentos relacionados