Ernst hasenclever em gongo-soco: exploração inglesa nas minas de ouro em minas gerais no século xix Reportar como inadecuado




Ernst hasenclever em gongo-soco: exploração inglesa nas minas de ouro em minas gerais no século xix - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

História, Ciências, SaúdeManguinhos 2014, 21 1

Autor: Débora Bendocchi Alves

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=386134010018


Introducción



Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Bendocchi Alves, Débora Ernst Hasenclever em Gongo-Soco: exploração inglesa nas minas de ouro em Minas Gerais no século XIX História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol.
21, núm.
1, enero-marzo, 2014, pp.
1-18 Fundação Oswaldo Cruz Rio de Janeiro, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=386134010018 História, Ciências, Saúde - Manguinhos, ISSN (Versão impressa): 0104-5970 hscience@coc.fiocruz.br Fundação Oswaldo Cruz Brasil Como citar este artigo Número completo Mais informações do artigo Site da revista www.redalyc.org Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto Ernst Hasenclever em Gongo-Soco ALVES, Débora Bendocchi.
Ernst Hasenclever em Gongo-Soco: exploração inglesa nas minas de ouro em Minas Gerais no século XIX.
História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro. Disponível em: http:--www.scielo.br- hcsm. Resumo Ernst Hasenclever em Gongo-Soco: exploração inglesa nas minas de ouro em Minas Gerais no século XIX Ernst Hasenclever in GongoSoco: English exploitation of the gold mines in the state of Minas Gerais in the nineteenth century A partir do relato de Ernst Hasenclever sobre sua visita à mina de ouro de Gongo-Soco em 1839, o artigo procura compreender o sistema organizacional administrativo e de trabalho implementado pelas empresas inglesas de mineração de ouro em Minas Gerais, sobretudo na segunda metade do século XIX, período no qual o sistema escravista caminhava para seu final.
Nosso objetivo é mostrar a continuidade do sistema administrativo e do uso da mão de obra escrava pelas empresas de capital inglês a partir da década de 1830 até o final do século, apesar da pressão exercida pela Inglaterra contra o tráfico transatlântico de escravos e da proibição aos súditos de sua majestade de possuir escravos em qualquer parte ...





Documentos relacionados