Representação contra o diretor da saint john d-el rey mining company, limited morro velho 1861 Reportar como inadecuado




Representação contra o diretor da saint john d-el rey mining company, limited morro velho 1861 - Descarga este documento en PDF. Documentación en PDF para descargar gratis. Disponible también para leer online.

Varia Historia 2012, 28 47

Autor: Rafael de Freitas e Souza

Fuente: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=384434840019


Introducción



Varia Historia ISSN: 0104-8775 variahis@gmail.com Universidade Federal de Minas Gerais Brasil de Freitas e Souza, Rafael Representação contra o Diretor da Saint John del Rey Mining Company, Limited (Morro Velho) 1861 Varia Historia, vol.
28, núm.
47, enero-junio, 2012, pp.
423-437 Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte, Brasil Disponível em: http:--www.redalyc.org-articulo.oa?id=384434840019 Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revistas Científicas da América Latina, Caribe , Espanha e Portugal Projeto acadêmico sem fins lucrativos desenvolvido no âmbito da iniciativa Acesso Aberto Representação contra o Diretor da Saint John d’el Rey Mining Company, Limited (Morro Velho) 1861* Representation against the Director of the Saint John d’el Rey Mining Company, Limited (Morro Velho) 1861** Rafael de Freitas e Souza Doutor em História Social-USP Professor do IFSUDESTEMG - Campus Rio Pomba Rua Dr.
José Sebastião da Paixão s-nº, Lindo Vale Rio Pomba-MG, CEP 36.180-000 rf.souza@bol.com.br Resumo Publicamos a seguir um documento dirigido ao Imperador dom Pedro II, em 1861, denunciando, sob o ponto de vista de um eclesiástico católico, as interferências praticadas por James Newell Gordon, superintendente da Saint John d’el Rey Mining Company, Limited (Morro Velho), nas práticas religiosas dos escravos (que à época eram quase 3000) e os atritos que ocorriam entre catolicismo e protestantismo dentro da companhia.
Suas entrelinhas, no entanto, acabam por revelar outros importantes aspectos do mundo do trabalho na mineração aurífera inglesa em Minas Gerais, na segunda metade do século XIX, como por exemplo, os castigos, prisões, descanso dominical, assistência religiosa aos enfermos, mendicância, relações de hierarquia, dentre outros. * Artigo recebido em: 28-09-2010.
Aprovado em: 14-11-2011. ** Agradeço especialmente ao Monsenhor Flávi...





Documentos relacionados